Fotos Livres

Costumo procurar novos olhares, estudando coisas interessantes e testando perspectivas.

Neste período de isolamento de 2020 tenho buscado a simplicidade, a liberdade e a troca.

Como publicitário, estudei um pouco de fotografia mas publiquei um pequeno número de fotos autorais. Não me considero um fotógrafo, mas gosto de fazer registros, que com frequência, acabam automaticamente perdidos na nuvem ou em alguma “rede social”.

O gosto associado a perspectiva de troca me fez perceber que, assim como às vezes preciso de imagens, algumas fotos que fiz poderiam ser úteis para outras pessoas. Esta percepção, me deu a liberdade de não me preocupar tanto e começar a publicar fotos para uso livre, em stocks gratuitos.


Fazendo uma revisão do álbum de fotos das Cataratas do Iguaçu que estava na nuvem, selecionei algumas imagens e publiquei. Aquelas fotos livres fizeram sentido pra mim, como uma produção rápida e criativa de imagens visuais.

Ou seja, eram fotos livres, pelo ato criativo e pela distribuição não comercial.

(Contextualizando: cresci em Foz do Iguaçu, onde ficam as Cataratas. Desde 2008 mantenho um projeto independente de conteúdo para divulgar a cidade que tem a sua economia baseada no turismo. Com as mudanças que 2020 trouxeram, percebi que poderia ajudar permitindo que outras pessoas ilustrassem as Cataratas através das fotos que fiz durante anos e estavam escondidas do mundo.)


Assim, comecei a buscar novas fotos nos arquivos e à fazer registros dentro de casa, que pudessem ser publicados, sem a necessidade de esforços de produção ou grandes edições.

Simples, rápido, e que tenha algum valor colaborativo.

Ontem, ao observar os materiais de pintura da minha mãe, em casa, vi um momento de registro. Fiz algumas fotos em poucos minutos com o celular, levei alguns cliques editando no Adobe Lightroom (buscando diferentes “estados de espírito”, os conhecidos moods, que ampliaram as possibilidades de uso das fotos em diferentes contextos, fazendo mais com simplicidade), gostei do resultado de 4 imagens e publiquei.

Todo o processo de observar, clicar, editar e publicar foi leve.

Este é o fluxo que buscarei ao realizar outras criações neste conceito-prática de “Fotos Livres”.

As fotos estão (e serão) distribuídas no Pexels e no Unsplash.

Eis aqui alguns registros de ontem…

Diversos materiais de pintura dentro de uma caixa de plástico, no detalhe se vê pincéis de pintura com o cabo vermelho e as cerdas castanhas, alguns pincéis amarelos, e outros com o cabo na cor de madeira clara. Há algumas espátulas misturadas entre os pincéis. São cerca de 10 itens. Em outros dois compartimentos estão diversos tubos de tinta, com diferentes cores, quase todos pela metade, com o metal enrugado e sujos de tinta. Ao fundo à esquerda está a caixa, com alguns recipientes e um pano branco. Todos os itens estão organizados mas um pouco bagunçados. As cores desta foto são mais azuladas e frias.
Em detalhe, dentro de uma caixa de plástico estão cerca de 15 pincéis de diferentes tamanhos, bem organizados, com as cerdas castanhas, um pedaço metálico e o cabo de madeira pintada de vermelho. Entre os pincéis há um de cabo rosa claro e dois de cor de madeira. Ao fundo à esquerda estão alguns tubos de tinta óleo usados e manchados de tinta, e ao fundo à direita um pano branco. As cores da foto são quentes e um pouco foscas.
Uma caixa de ferramentas do tamanho de uma bolsa, organizada de forma livre, aberta, com 3 andares de divisórias feitas de plástico escuro. Nos 2 andares mais altos e afastados da caixa estão tubos (bisnagas) metálicas de tinta, algumas sujas de tinta, e à maioria um pouco espremidas. Nos andares próximos ao centro da caixa estão diferentes pincéis e espátulas, de diferentes tamanhos, sendo a maioria de cabo vermelho. Dentro da caixa, há alguns recipientes e um pano branco. As cores das fotos são quentes e um pouco foscas.
Tintas de diferentes cores sendo preparadas para utilizar numa pintura, sobre um fundo branco. Em destaque há um tom leve de azul, uma mistura de marrons e verdes, além de laranjas e vermelhos. São vistas diferentes texturas.

Sobre

Objetivo: Publicação do conceito-prática de “Fotos Livres”.

Escrito utilizando o Notion.so.
Texto distribuído no Medium e como um artigo no Linkedin.

Deixe um comentário